terça-feira, 24 de agosto de 2010

Projeto Maria´s participa de sua primeira exposição

"Mãos de fé" - Ver-o-Peso, Belém/PA
É isso ai pessoal!

Estamos em nossa primeira exposição fotográfica coletiva, com a foto "Mãos de fé", produzida durante entrevista com a erveira Dona Coló. A exposição faz parte da programação cultural do "Mês da Fotografia no Sesc Ceilândia", em homenagem ao Dia Mundial da Fotografia, comemorado no dia 19 de agosto.

Carol Peres durante abertura da exposição no dia 19/08.
E a nossa participação não para por aí. No próximo dia 27/08, Carol Peres, fotógrafa e coordenadora do projeto, participa da Projeção fotográfica e Encontro com autores, onde vai apresentar uma ediçõ resumida do projeto Maria´s do Ver-o-Peso.








Serviço:
Mês da Fotografia Sesc Ceilândia
* Exposições fotográficas, palestras, oficinas e workshops. Veja programação completa.
* 27/08/2010 - 19:30hs – Projeção Fotográfica e Encontro com Autores: Coletivos Lente Cultural e Candango Fotoclube. - 21hs - Harmonização FotoMusical com Pocket Show "FÉ Brasileira" com a dupla Charles e Cleyton.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

domingo, 1 de agosto de 2010

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Festa para as tradições

O Ver-o-Peso amanheceu em festa. Enquanto alguns ainda comemoravam a vitória da seleção brasileira de 3x1 sobre a Costa do Marfim, as erveiras comemoravam os quatros anos da Associação das Erveiras e Erveiros do Ver-o-Peso - Ver-as-Ervas, com um café da manhã típico dos festejos juninos e muito carimbó.

A Associação Ver-as-Ervas foi criada em 2006 e reúne hoje 102 membros com o "propósito maior de valorizar e garantir a transmissão dos saberes e fazeres tradicionais das plantas", explica Elmison Moreira, erveiro e presidente da associação.

Durante o evento, que contou com a presença de Dona Onete, mestre de carimbó, foi lançado o documentário "Ver-o-Peso", realizado pela associação em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O Documentário é um dos resultados do Inventário de Referências Culturais do Ver-o-Peso, que reúne os conhecimentos e tradições da cultura popular paraense.

Dona Coló (E) e Dona Onete. Encontro de tradições.
O projeto é o segundo a ser colocado em prática em feiras livres do Brasil. Antes dele, apenas a feira de Caruaru, em Pernambuco, teve as suas rotinas registradas. O material é aberto a todos e tem constante atualização. "Antes disso, o conhecimento que existe aqui não estava registrado. Havia apenas os registros da universidade, mas em materiais que os vendedores do Ver-o-Peso não tinham acesso", explica Elmison.

sábado, 12 de junho de 2010

Bom dia Ver-o-Peso

Fotos: Carol Peres

A produção de hoje começou às 5:30h da manhã. Na baixa luz, feirantes davam os últimos retoques nas mercadorias antes do sol raiar.

No pequeno porto, ou "na pedra" como dizem, os barcos descarregavam os últimos quilos das mais variadas espécies de peixes.
 

E de longe, esse universo chamado Ver-o-Peso fica pequeno diante a beleza e imensidão da Baía do Guajará.


sexta-feira, 11 de junho de 2010

Petrobras lança Fase 2 do Programa Petrobras Cultural

Já está disponível no site da Petrobrás os editais de patrocínio da segunda fase do programa, com verba de R$ 52,2 milhões, destinada à escolha de projetos dentro das três linhas de atuação do PPC: Formação; Preservação e Memória; e Produção e Difusão.

O Programa foi lançado hoje (11), em Salvador pelo presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, pelo ministro da cultura, Juca Ferreira, e pelo governador da Bahia, Jaques Wagner.

Leia mais em Folia Cultural.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Concurso estadual de quadrilhas juninas 2010

As inscrições ocorrem até o dia 9 de junho, das 9h às 13h, no hall do Cine Líbero Luxardo.

Foto: Carlos Sodré / Agência Pará
Os quadrilheiros de Belém e dos outros municípios do Pará já podem preparar seus documentos para se inscrever no VII Concurso Estadual de Quadrilhas Juninas Adulto e Mirim. O evento é organizado pela Fundação Tancredo Neves e integra o Arraial de Todos os Santos, ação do Governo do Estado do Pará que comemora a quadra junina.

As inscrições ocorrem até o dia 9 de junho, das 9h às 13h, no Hall das Américas (entrada do Cine Líbero Luxardo, andar térreo do Centur). O sorteio das quadrilhas ocorre no dia 12 de junho, das 14h às 18h, no Cine Líbero Luxardo.

Mais informações: http://www.secult.pa.gov.br/
(91) 3202-4371 // 3202-4327

domingo, 6 de junho de 2010

Domingo de futebol e em ritmo de copa...


Boa sorte das erveiras para a nossa Seleção Brasileira.

Somos milhões em ação
Pra frente Brasil, no meu coração
Todos juntos, vamos pra frente Brasil
Salve a seleção!!!*




* Trecho da música "Pra frente Brasil", de Miguel Gustavo.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Concurso aborda folclore e cultura popular

Estão abertas as inscrições, até 30 de julho, do Concurso de Monografias Silvio Romero. Este ano, dois prêmios nos valores de R$ 13 mil e R$ 10 mil serão concedidos, respectivamente, aos melhores classificados no Concurso, que traz como tema o Folclore e Cultura Popular. Além da premiação em dinheiro, a comissão julgadora a ser criada poderá indicar até três menções honrosas.


Serviço:
Todas as instruções necessárias aos interessados estão no Edital do Concurso.

Informações: (21) 2285-0441 ou (21) 2285-0891, ramais 204, 214 e 215; pelo e-mail pesq.folclore@iphan.gov.br  ou no site http://www.cnfcp.gov.br/

Leia matéria completa em Folia Cultural

terça-feira, 1 de junho de 2010

Feira de poder feminino


Pessoal, matéria sobre o projeto publicada no jornal O Liberal, caderno Magazine, no dia 31/05.

Encontro de Produtores Culturais da Fotografia Brasileira

Brasília foi palco, nos dias 27 a 30/05, do 1º Encontro Nacional da Rede dos Produtores Culturais da Fotografia Brasileira - RPCFB.


Foram mais de 150 produtores culturais reunidos em nove grupos de trabalhos, discutindo desde as questões das políticas públicas até o formato da rede, das questões do direito autoral até a economia da fotografia.

No domingo, último dia do encontro, com a presença do Ministro da Cultura, Juca Ferreira, do Secretário Executivo do MinC Alfredo Manevy e do Diretor de Artes Visuais da FUNARTE Ricardo Resende, foi realizado o encerramento do encontro com a apresentação de mais de 200 propostas geradas pelos grupos.

Comum a opinião de todos, o encontro, além de produtivo em seus trabalhos, significa um momento histórico para a fotografia brasileira.

Acompanhe no blog da Photo Agência.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Passeio de domingo

Esse domingo foi um dia especial. Fomos ao Ver-o-Peso, ou Veropa, como gosto de chamar, eu e a pequena Gigi. Um passeio de olhar curioso, perguntas intermináveis e boas gargalhadas.


Com direito ao melhor peixe com açaí de Belém. E claro, tudo registrado!



 Boa semana a tod@s!


sexta-feira, 21 de maio de 2010

História da semana - Dona Beth Cheirosinha

Por Carol Peres

Cheguei cedo ao Ver-o-Peso, por volta das 7h da manhã. O tempo, ainda nublado, não intimadava a chegada e saída dos feirantes que desde às 4h já comercializavam os produtos para o grande público.

Do setor de ervas medicinais e essências da Amazônia, eu observava Dona Beth numa cena bastante comum por ali. Sentada no chão, ela manuseava com toda delicadeza as plantas que curam e atraem amor e boa sorte.

Com traços de uma vida de muito trabalho e com um sorriso largo, há 45 anos, Dona Beth Cheirosinha, como é conhecida, oferece ao povo, principalmente os turistas, a medicina natural e os aromas mais excêntricos da floresta amazônica. Ela garante que pra tudo tem uma planta que cura, e diz que o produto mais vendido é o "Atrativo do Amor", uma excência de fabricação própria e que tem o mágico poder de atrair um grande amor. Em sua composição, ervas como carrapatinho, agarradinho, chega-te a mim, chora nos meus pés, pega não me larga e vai buscar longe. Uma gota por dia é essencial.


Aos 60 anos, Dona Beth é mais uma das milhares de Maria´s que florescem o universo do Ver-o-Peso. Nascida em Belém, ela é moradora do bairro do Guamá e diz que um dos maiores prazeres é reunir no quintal de casa os filhos e netos.

-------
Conte a sua história. Ela pode ser publicada aqui no blog das Maria´s.
Escreva para cperes@hotmail.com

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Bom dia Ver-o-Peso




quarta-feira, 28 de abril de 2010

Trocando Idéias na rádio Cultura

Pra quem perdeu a entrevista da nossa coordenadora Carol Peres, no programa Fonograma da Rádio Cultura, baixe aqui.

Quadro "Trocando Idéias"
Programa exibido em 26.04.2010 / Apresentação de Rosa Moreira

domingo, 25 de abril de 2010

E vamos aparecendo...

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Divulgação do blog no Portal ORM

Matéria sobre o blog e o projeto Maria´s do Ver-o-Peso, publicada no Portal ORM.

Leia matéria na íntegra
Blog conta as histórias das 'Marias do Ver-O-Peso'
 
* Acompanhe o nosso projeto Na Mídia.

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Lei Semear recebe projetos até o dia 06 de agosto

Estão abertas as inscrições até o dia 06/08, para projetos culturais interessados à lei estadual de incentivo a cultura - Lei Semear. O edital estabelece os valores fixos de até R$ 150 mil para projetos artístico-culturais e de até R$ 300 mil para projetos de cinema, vídeo e referentes a bens de interesse artístico, histórico e cultural.

Participarão da avaliação na 1ª resolução os projetos inscritos até o dia 30/04/2010, impreterivelmente, e participarão da avaliação da 2ª resolução os projetos inscritos a partir do dia 01/05/2010.

A Secretaria Executiva da Lei Semear funciona no prédio da Fundação Cultural do Pará “Tancredo Neves”.
End.: Av. Gentil Bittencourt, 650.
Mais informações:
(91) 3202 4383 ou 3202 4382.
http://www.fcptn.pa.gov.br/

terça-feira, 13 de abril de 2010

Conversa com Maria´s


Dona Anita encosta na barraca de Clau - a moça do açaí. Cabocla forte, de pele morena e roupa colorida, pede peixe frito com a fruta da terra. Enquanto uma come e a outra vende, chama fregueses, nos dá atenção e ainda dita ordens aos filhos, elas conversam como velhas conhecidas. As duas engatam a falar sobre filhos, conselhos amorosos, política, sobre a vida. Vão contando causos e histórias cotidianas. É uma conversa solta, leve, entrecortada pela profusão de sons que permeiam o Ver-o-Peso. Mas a prosa segue seu ritmo, sem se importar com o barulho da feira.

Dona Anita Moraes de Carvalho tem 59 anos e estava acompanhada do marido, José Orismar, que se empanturra na tigela de açaí, enquanto a esposa coloca o assunto em dia. Ele é o companheiro de sempre nas vindas diárias ao Ver-o-Peso e à barraca de Claunice, a Clau do açaí. “Um dia cheguei aqui e me deu uma vontade de tomar açaí, aí perguntei pros feirantes onde eu podia tomar um. Me indicaram a barraca dela. Eu vim e pronto, fiquei”, conta.

E nessas vindas, dona Anita já virou freguesa e conhecida por todos. “Faço compras todo dia aqui e sempre compro muito. Sou mais conhecida que farinha de feira”, ela compara entre risos.

Dona Anita chega à feira sem hora definida, em geral pela manhã, e sai em busca dos ingredientes para as comidas típicas que prepara e vende em sua barraca, a Mistura Paraense, no bairro da Sacramenta, em Belém. “Vendo quase 50 variedades de comidas”. Há dez anos ela vive essa rotina, de manhã entre aromas, sabores, sons e cores do Ver-o-Peso e a partir das quatro da tarde na Praça Sebastião, vendendo delícias da culinária regional.

“Com isso eu tiro meu sustento, ajudo minha família. Deus livre eu não ir um dia pra minha venda. E aqui no Ver-o-Peso é bom pra comprar de tudo. Castanha – do – Pará descascada, laranja da terra, maniva moída você só encontrar aqui. E o que eu mais gosto daqui são os feirantes, do pessoal das frutas, das comidas, eles tratam a gente bem. Não gosto da falta de higiene, dos que não procuram zelar pelo local”, opina dona Anita ao se despedir apressada para acompanhar o marido.


Essa é a Clau, mãe de 4 filhos, e uma de nossas "Maria´s do Ver-o-Peso". Ela trabalha na feira há cinco anos, chamando os fregueses para provar as delícias paraenses.









E essa é a Yorranna, nossa entrevistadora se esbaldando no açaí.











quarta-feira, 31 de março de 2010

Feira do Ver-o-Peso, 383 anos

Bonito por sua arquitetura, imponente pela extensão e Patrimônio Cultural pela diversidade de saberes, a feira do Ver-o-Peso, a maior ao ar livre da América Latina, completou 383 anos no dia 27/03. Nós fomos até lá passear e saborear esse universo. Confira nossa homenagem!

video

segunda-feira, 15 de março de 2010

Maria´s


Todas as pessoas têm uma história a contar, só precisam de alguém disposto a ouvi-las. Uma história capaz de virar livro, filme, ou qualquer recorte da narrativa de suas vidas. No mercado Ver-o-Peso, em Belém/PA, mulheres se misturam ao barulho, ao suor e ao grito dos homens.

Elas têm muitos nomes, idades e histórias. Muitas se chamam Maria e são devotas de Nossa Senhora de Nazaré, a padroeira dos paraenses. Maria é nome comum, ser devota também, e nem precisa se chamar Maria para no fim das contas acabar como Maria.

O projeto “Maria’s do Ver-o-Peso” vai apresentar ao público, através de livro e exposição fotográfica, a história de vida dessas mulheres, seus sonhos, desejos e perspectivas, como a de Dona Coló (foto). Paraense de Ponta de Pedra, ela se criou em Belém e hoje vive em Marituba. Há 34 anos, ela ensina ao povo, principalmente os turistas, receitas naturais para cura de efermidades, e as mais variadas fórmulas e cheiros para o amor.

O Blog passa a ser um canal aberto para troca de experiências, imagens, opinião, críticas, elogios, efim...um espaço para falar sobre qualquer coisa do universo feminino presente no Ver-o-Peso.